Buscar

Pesquisa com 37 eventos aponta sucesso em retorno do público na Inglaterra:




Estudo do governo levou em conta grandes festivais, como Download e Latitude, e a cerimônia do BRIT Awards; 75% da população adulta já recebeu as duas doses da vacina



Batizado de Programa de Pesquisa de Eventos, o estudo mapeou por quatro meses grandes reuniões de público, a grande maioria com capacidade total, entre elas a cerimônia do BRIT Awards, os festivais de música Download e Latitude, e o show da banda Blossoms, em Liverpool. Foram mapeados também competições esportivas, em especial o Grande Prêmio de Fórmula 1 e o torneio de tênis de Wimbledon.


No Brasil:Médias de casos e mortes param de cair, mostra consórcio de imprensa


O resultado aponta que "eventos com grande presença de público podem ser realizados com segurança", mas exige cautela em torno de "aspectos específicos da participação em eventos".



Apesar da taxas de contaminação controladas, o governo britânico apontou risco potencial em participar de eventos com pouca estrutura e atenção para viagens e deslocamentos.


Em termos de números, os festivais de música Latitude e Tramlines, realizados em julho, estão ligados ao maior número de casos de Covid-19 (mais de mil por evento) se comparados com os eventos esportivos — a Fórmula 1 e Wimbledon registraram 585 e 881 casos, respectivamente.



Shows-teste no Brasil?Infectologista e produtores consideram 'irreal' replicar eventos controlados no país


Os Festivais, porém, foram realizados após o dia 19 de julho, quando todas as restrições impostas pelo governo foram derrubadas e a taxa de transmissão comunitária estava mais alta.


"Mostramos que podemos reintroduzir esportes de massa e eventos culturais com segurança, mas é importante que as pessoas permaneçam cautelosas ao se misturar em ambientes muito lotados", alertou o secretário de Cultura inglês Oliver Dowden.


Vacinação avançada

O gestor ainda exaltou a importância de seguir com a vacinação: "Para que possamos manter a temporada de futebol, teatros e shows seguros com multidões cheias neste inverno, peço aos fãs de esporte, música e cultura que tomem a vacina, pois esta é a maneira mais segura de fazermos grandes eventos com capacidade máxima mais uma vez".



O próximo grande evento previsto é o tradicional festival de Reading & Leeds, marcado para o último fim de semana de agosto.


Vale lembrar que, até o momento, 75% da população acima dos 16 anos no Reino Unido está vacinada com as duas doses de alguma vacina contra a Covid-19 — o número sobe para 87% levando em conta a primeira dose.


Apesar de não ser obrigatório, o governo tem incentivado os eventos com público a utilizarem os passaportes de Covid, provando a vacinação.